Fabiana e Breno :: Ensaio pré-casamento

Daquelas tardes gostosas, naqueles lugares improváveis, com aquelas pessoas que te cativam… Acho que quero viver sempre assim. E não posso reclamar disso não, viu? Se tem algo que posso me gabar (gabar mesmo), com relação aos ensaios que tenho feito, é com o fato de só ter conhecido pessoas boníssimas, com histórias de tomar uma tarde inteira, que faz a gente pensar, rir e até chorar… De emoção, é claro. E como a gente aprende, e em tão pouco tempo. Estou pensando seriamente em escrever um livro sobre todas essas histórias quando me aposentar da fotografia. Ok, vai levar um pouco de tempo. Bom que até lá amadurecerei melhor a ideia.

Esse ensaio teve um gosto especial porque era a primeira tarde do ano de 2014 que eu estava tendo a oportunidade de fotografa-lo, e fazendo uma coisa que tanto gosto de fazer: ensaio pré-casamento. Entendo o ensaio como uma possibilidade ímpar de saber todos os detalhes possíveis e imagináveis para estar afiado no dia do casamento. É aquela revisão pra prova, sabe? A gente se vê, na maioria das vezes, sozinho com o casal. A interação e conexão com os mesmos é quase que inevitável, e decisiva para conseguirmos os melhores resultados possíveis de uma prova que vai além da fotografia. Estar com a Fabiana e o Breno numa tarde que não prometia ser bonita, afinal, a qualquer momento podia chover, requeria de mim o máximo de atenção possível para não deixa-los inseguros com relação ao que conseguiríamos.

Na reunião que fizemos aqui pelo escritório, em que começamos a discutir os possíveis locais e cogitamos a possibilidade de ir à praia de Outeiro, fiquei pensando em como seria, uma vez que não passava por lá há pelo menos 15 anos. Era algo novo e eu realmente não sabia o que iria conseguir. Sabia que estava com duas pessoas lindas e super acessíveis. Bastava? Sim.:)Enquanto falávamos, fotografávamos, e quando me dei conta, já estávamos pela Praia do Amor, apreciando um dos pores do sol mais lindos que tive a oportunidade de presenciar. Já tinha assegurado o ensaio há horas, mas parecia que o sol estava esperando pra surpreender a gente, como surpreendeu e eternizou.

A história vou deixar a cargo deles contar. Subam a barra e deem o play que está bem legal de ver. 😉

Bruno Miranda.

140131-ensaio-fabiana-breno-01140131-ensaio-fabiana-breno-02140131-ensaio-fabiana-breno-03140131-ensaio-fabiana-breno-04140131-ensaio-fabiana-breno-05140131-ensaio-fabiana-breno-06140131-ensaio-fabiana-breno-07140131-ensaio-fabiana-breno-08140131-ensaio-fabiana-breno-09140131-ensaio-fabiana-breno-10140131-ensaio-fabiana-breno-11140131-ensaio-fabiana-breno-12140131-ensaio-fabiana-breno-13140131-ensaio-fabiana-breno-14140131-ensaio-fabiana-breno-15140131-ensaio-fabiana-breno-16140131-ensaio-fabiana-breno-17140131-ensaio-fabiana-breno-18140131-ensaio-fabiana-breno-19140131-ensaio-fabiana-breno-20140131-ensaio-fabiana-breno-21

Ficha técnica: Vídeo por Adrianna Oliveira e Alexandre Nogueira; Edição por Adrianna Olveira; Fotografia por Bruno Miranda.

Fabiana - 17 de maio de 2014 - 23:34

Que fofooooo, Bruninho!!!! Não é à toa que és jornalista… Amei o texto. Vc e todo o pessoal da Clarté são maravilhosos. Indescritível a forma como vcs nos acolhem, se envolvem em nossa história, nos transmite tanta segurança e tranquilidade. Na Clarté, não encontramos apenas o que de melhor Belém nos oferece em foto e filmagem, profissionais que mergulham de cabeça, que amam o que fazem, mas também de pessoas queridas, humanas, sensíveis, verdadeiras, e que se tornaram amigas de verdade. Grande beijo do casalzinho, Bia e Breno. Bjs!

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado. Campos necessários estão marcados com *

*

*

Houve um erro ao publicar seu comentário. Por favor, tente novamente.